Inovação e criatividade em sistemas computacionais

Engenheiro especialista em sistemas Web e Android, CSM

Estamos, mais do que nunca, cercados por informação. Temos conhecimento espalhado por todos os cantos, novos universos estão disponíveis atrás de cada porta, e qualquer um tem acesso à essas portas. Basta o tempo e a vontade para abrir essa porta. E é esse ponto de extrema importância que este artigo irá abordar.

O primeiro passo é olhar para trás. Exatamente, assim como a economia, a história, a moda, a música e muitas outras áreas do conhecimento humano se repetem, assim também se repetem os erros e acertos na área de escolhas de projeto. Usuários entre duas opções igualmente boas, vão optar pela mais simples. É por isso que o buscador do Google se destacou sobre todos os seus concorrentes presentes no mercado na época e é por isso que o iPhone se destacou em seu lançamento. Usuários não querem fazer um curso para usar seu produto, eles só querem usá-lo

Nokia n95 versus iPhoneO n95 da Nokia é um excelente smartphone, mas o iPhone só tem 1 tecla e uma linda tela. Difícil competir com isso hein?

Um conceito importantíssimo pregado pela filosofia Lean pode ser derivado pela palavra concisão. Um software conciso é o software que não busca ser uma solução para qualquer problema, mas sim a melhor solução possível para um problema específico, ou seja, troca-se a abrangência ampla de problemas por um foco no essencial, onde é buscada a excelência.

Algumas pessoas podem pensar que isso enfraquece o software, e que o usuário trocaria o programa A, com menor número de funcionalidades, pelo programa B, um software mais completo; isso não é verdade.

Em novembro de 2006 foi lançado um aplicativo chamado Wesabe. O aplicativo era ótimo, completo, teve uma excelente repercussão na mídia e diversos investidores se interessaram no aplicativo de controle financeiro. O problema foi que em setembro de 2007 foi lançado um aplicativo chamado Mint. Na época, o Mint não pareceu uma grande ameaça para o Wesabe. Tudo bem, o Mint tinha uma interface muito bonita, funcional, limpa, mas o Wesabe tinha a vantagem de ter sido lançado com 9 meses de antecedência e já possuia uma comunidade suportando os novos usuários.

Interface Wesabe versus MintÉ só uma interface mais bonita, não vai afetar nossos negócios...

Um fato curioso nessa briga é que o Wesabe possuia uma série de ferramentas para ajudar o usuário, possuia a vantagem de ter sido o primeiro no mercado e contava com uma comunidade ativa enquanto o Mint estava apenas iniciando seus negócios e não ia além do básico. Porém o Wesabe encerrou suas atividades em Julho de 2010; desde o lançamento do Mint, o Wesabe perdeu continuamente sua base de usuários e, apesar de conseguir arrecadar fundos de diversos investidores, não conseguiu se recuperar do seu declínio no mercado.

Por que isso aconteceu? Na análise do próprio ex-CEO do Wesabe, em tradução livre:

Tudo que eu mencionei - não depender de uma única fonte provedora, preservar a privacidade dos usuários, ajudar os usuários a fazerem uma mudança positiva de fato em suas finanças - todas essas coisas são razões excelentes e racionais para fazer o que fizemos, mas nenhuma delas importa se o produto é mais difícil de usar, já que a maioria das pessoas simplesmente não se importa o suficiente ou tira proveito de recursos de longo prazo se uma alternativa de prazo mais curto estiver disponível.

Assim como na escrita, onde cada trecho deve contribuir com um significado para o texto final, cada decisão em um projeto deve ser bem pensada, de forma que o projeto seja conciso. Não se deve competir em funcionalidades, mas sim fazer com que cada funcionalidade do projeto funcione em prol do resultado esperado. Melhor que um programa com muitas opções, é o programa que tem apenas as opções necessárias e, melhor ainda, é aquele que descobre o que precisa por si só, bastando ao usuário fazer o que ele deve fazer: usá-lo.

Desenvolvido por Vítor de Almeida, otimizado para os navegadores Chrome e Firefox
Página construida usando HTML5 e CSS3